Jericoacoara, passeio Tatajuba

O paraíso ecológico Jericoacoara, localizado em uma área de preservação ambiental (Parque Nacional de Jericoacoara) é um vilarejo de somente 1 km². Esta antiga aldeia, uma vila de pescadores se tornou uma atração turística, atraindo com suas belezas, turistas do mundo inteiro. Os passeios de Buggy, são umas das mais famosas atrações em Jeri, estão se tornando já quase uma “obrigação”.

Os mais famosos são o passeio para as Lagoas, e o passeio para Tatajuba (município de Camocim). Ambos são passeios que duram em torno de 6 horas cada
, começam entre 09:00 e 09:30 e terminam mais ou menus 14:30 a 15:00 horas, assim da tempo de ou visitar ainda a Pedra Furada “a logomarca de Jericoacoara” ou apreciar o pôr do sol na Duna do Pôr do Sol, um espetáculo raro no Brasil, aqui em Jeri o sol se pôr no mar! No passeio para Tatajuba em direção oeste, se passa no Mangue Seco, Cavalo Marinho (opcional), Balsa de Guriú, Velha Tatajuba, Dunas Fixas, Duna do Funil (opcional skibunda) e Lagoa da Torta. Quem já fez este passeio, com certeza não se arrependeu...

O passeio de Tatajuba é um passeio comparado com o das Lagoas, mais explicativo, também o bugueiro contratado busca você geralmente se não for combinado outro horário, entre 09:00 e 09:30 na porta da sua pousada. Como você vai ficar disposto ao sol por um bom tempo, não se esqueça do protetor solar, óculos, um chapéu e água para beber, a roupa adequada é que você usa para ir à praia.

Saindo do vilarejo, o bugueiro vai levar você diretamente no “Cavalo Marino”, um lugar no Parque Nacional de Jericoacoara, onde os pescadores estão aguardando você, para está aventura que demora mais ou menos 30 minutos. Esta parada é opcional, e aceitando o convite, após de mostrar os cavalos marinhos (o pescador vai capturar um cavalo marinho, mostrar ele para você e depois liberar ele de novo para a água, o ambiente dele), os condutores de barco vão cobrar cada pessoa que aceitou este convite R$ 10,00.

Após ter visto o cavalo marinho, o bugueiro conduz o veículo até Guriu, mais ou menos 10 quilômetros percorridos dez de Jericoacoara. Aqui, com muita experiência ele estaciona o veículo em cima de uma balsa, pois precisa se travessar este rio (80 metros) para poder continuar o passeio, a travessa de balsa é incluída no preço do passeio.

Chegando de novo em terra firme, deixando a balsa, o passeio segue por uma trilha travessando o Mangue Seco, na beira do Rio Guriu, até chegar a Tatajuba.  Esta trilha é responsável pelo horário do retorno deste passeio, pois voltando, precisa passar por esta trilha de novo, que na maré alta é impossível, ela fica submerso a água. Esta trilha se estende por mais de um quilômetro.

Chegando a Tatajuba, você vai ver a nova Tatajuba e o antigo vilarejo (Velha Tatajuba) que foi soterrado pelas dunas que se movem constantemente, na década de 80. As dunas destruíram o vilarejo e obrigaram os moradores reconstruir a Tatajuba em outro local. A Donna Delmira vai explicar detalhadamente essa história.

De Tatajuba a viajem continua, passando pelas dunas fixas (areia petrificando) até chegar à famosa Duna do Funil, uma duna com a forma de um funil, e uma lagoa no meio dela. Aqui se não falta coragem, você pode alugar uma prancha de ski-bunda (R$ 5,00) e descer uns 40 metros até deslizar na lagoa, uma experiência inesquecível, mais somente aconselhável, para quem já têm experiência com ski-bunda.

Partindo da Duna do Funil, após mais uns 2,5 quilômetros, finalmente a chegada à Lagoa da Torta, uma Lagoa rasa com o máximo de 3 metros de profundidade, ideal para o banho. Em época de chuvas, a lagoa chega a ter 18 quilômetros de extensão. Existem varias restaurantes na beira da lagoa, oferecendo um almoço neste local encantador. Precisa se saber que por falta de sinal, não é aceito Cartão de Crédito, para pagar a conta.
As famosas redes de nylon coloridas armadas nas margens da lagoa, que tocam a água quando ocupadas, oferecendo uma agradável sensação de frescor, você encontra nesta famosa Lagoa da Torta elas ofereçam a você após do almoço um momento inesquecível, do qual você sem dúvida vai se lembrar com saudade por muito tempo. Após de permanecer 2 a 3 horas neste local encantador, chegou a hora de partir de volta a Jericoacoara, sem paradas por mais ou menos 28 quilômetros.

Um passeio daqueles, que você vai sem dúvida querer fazer de novo, chegando a Jericoacoara as 14:00 a 15:00 horas, ainda dar tempo de visitar a Pedra Furada (opcional) ou a Duna do Pôr do Sol...


Não se esqueça, os passeios são um lazer inesquecível para os turistas, mais a execução deles requer muita responsabilidade e experiência, e justamente por isso a dica mais importante é contratar sempre uma empresa credenciada para este tipo de passeio, assim você vai ter a garantia e segurança necessária para usufruir seu passeio de Tatajuba no Parque Nacional de Jericoacoara.

Nenhum comentário: